IFLA 2012: Poster uma outra forma de comunicar

Posters no Congresso da IFLA 2012

Para além das conferências no formato tradicional de apresentação com powerpoint, é também possível submeter aos Congressos da IFLA propostas de posters sobre temas com interesse para a comunidade profissional resultantes de projectos ou novas áreas de trabalho,  que possam ser apresentados neste formato.

As propostas de poster devem seguir o tema do Congresso e podem ser apresentados num poster impresso ou por fotografias, gráficos e texto afixados num painel. Os posters devem ser elaborados numa das línguas oficiais da IFLA: Árabe, Chinês, Inglês, Francês, Alemão, Russo e Espanhol.

Durante a sessão de encerramento, é atribuído o Prémio de Melhor Poster, de acordo com os seguintes critérios: conteúdo, aspecto gráfico, qualidade da informação e apresentação feita.

Este ano no Congresso da IFLA, que decorre de 11 a 17 de Agosto em Helsínquia, foram apresentados 196 posters, oriundos de mais de 100 países diferentes. Expostos no Hall 4 e 5 do Helsinki Exhibition & Convention Centre (Helsingin Messukukeskus), junto à zona da Exposição, os posters podem ser vistos durante 3 dias pelos participantes no Congresso, sendo que existem 2 períodos obrigatórios em que os autores devem estar junto aos posters para efectuar as apresentações.

Para além da quantidade e da diversidade dos temas apresentados destaca-se o grande interesse que este formato desperta no Congresso. Enquanto forma gráfica ou esquemática de apresentar um projecto ou uma nova área de trabalho, este formato permite uma maior interação com os autores, constituindo verdadeiros momentos de networking profissional.

O mais surpreendente é ver como os autores abordam os participantes que visitam a área dos posters para falarem sobre o tema, apresentarem o poster e distribuirem documentação. É habitual haver muita documentação para recolher nestas sessões: desde simples fotocópias a preto e branco com informação adicional ou a simples reprodução do poster, a elaborados folhetos a cores encadernados. Muitos autores utilizam também o seu tablet para mostrar outros dados e acrescentar informação ao poster. Num ambiente de grande agitação a interacção entre autores e participantes no Congresso quase que se torna numa sessão comercial de venda de produtos. Contudo, por ali não se vende nada, mas apenas se troca informação, fazem-se contactos e encontram-se ideias para adaptar em novos projectos.

Dos poster apresentados este ano no Congresso destacam-se os seguintes:

The New Library Index – Shirley McLeod (Alemanha)
Prison Library Now! – Gerhard Peschers (Alemanha)
Renovation to inspire, surprise and empower library Clients – Judy Henning (África da Sul)
Ready to empower! UEF Library’s ethical coder for the customer service – Tuula Rissnen (Finlândia)
EOD: eBooks on demand – Ulle Taliharm (Estónia)
Ebooks in libraries: a european campaign by EBLIDA – Vincent Bonnet (Holanda)
Information Literacy: context is all – Heike Von Orde (Alemanha)
Nordic public libaries buildings: a typological analysis – Elena De Lisio (Finlândia)
Books with Web 2 – Harri Ketamo (Finlândia)
Redesigning library space in s sustentable way – Katariina Ervasti (Finlândia)
How to make as inspiring library space for teen – Salla Erho (Finlândia)
Helsinki city library: new concept for our beloved public service – Sari Lehihoinen (Finlândia)

Na edição deste ano o prémio de Melhor Poster foi atribuído ao poster n.º 29 do bibliotecário Gerhard Peschers, com o poster “Prison Library Now!”, que apresentava o trabalho feito na Biblioteca do Estabelecimento Prisional de Munster, na Alemanha.

Sobre o Autor

Bruno Duarte Eiras

Deixe um Comentário




Pretende associar uma imagem ao seu comentário, crie uma em Gravatar.