A “hora dos fundos” no Arquivo Distrital do Porto desafia investigadores a utilizarem fontes arquivísticas

No seguimento da sua missão e estatutos, a Associação de Amigos do Arquivo Distrital do Porto promoverá, ao longo deste ano, em parceria com o Arquivo Distrital do Porto, quatro sessões de “Hora dos Fundos”.

O formato já conhecido nas bibliotecas, com a Hora do Conto, chega, desta forma, aos fundos dos arquivos, promovendo o acesso, a partilha da informação e o conhecimento desta documentação única, original e incontornável para a produção de estudos e monografias de elevada qualidade técnica e científica.

Estas “conversas às quatro” pretendem estimular o diálogo e a partilha de experiências entre investigadores, jornalistas e autores que utilizaram, nos seus trabalhos, documentos de arquivos públicos ou privados.

Privilegiando as fontes documentais custodiadas pelo ADP, estes encontros visam ainda divulgar, através de abordagens temáticas, os fundos arquivísticos atualmente acessíveis ao público em geral via web, bem como a sua reutilização enquanto fontes de conhecimento rigorosas e fidedignas.

A primeira sessão já está a agendada para o dia 29 de março, última quarta-feira do mês, e contará com a presença de Sérgio Veludo, doutorado em História e Professor Adjunto na Escola Superior de Educação do Politécnico do Porto, e de Joana Soares, licenciada em Gestão do Património pela Escola Superior de Educação do Politécnico do Porto, que conversarão com os presentes sobre os “Reflexos de Guerra” que encontraram, durante as suas investigações, nos fundos documentais do ADP. A moderação ficará a cargo da diretora do Arquivo Distrital do Porto, Maria João Pires de Lima.
Público-alvo: professores, investigadores, estudantes e público em geral
Local e hora: Arquivo Distrital do Porto, às 16 horas
Duração: 1 hora
Sessões previstas para 2017: 29 de março | 31 de maio | 25 de outubro | 29 de novembro
Entrada livre

Autor: Arquivo Distrital do Porto

Sobre o Autor

editorial@bad.pt

Deixe um Comentário




Pretende associar uma imagem ao seu comentário, crie uma em Gravatar.