Preservação do Património Arquivístico: Conservação e Restauro

1 de junho de 2017, 14:30 horas

Local: Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Minho

Este será o primeiro de uma série de eventos comemorativos do Centenário da criação, em 11 de agosto de 1917, do Arquivo Distrital de Braga.

O encontro permitirá uma abordagem das questões relacionadas com a preservação do património arquivístico e as intervenções preventivas e curativas que sobre ele incidem.

Serão apresentados aspetos técnicos de projetos de conservação e restauro a par de intervenções sobre a sensibilização dos diversos públicos dos Arquivos. Pretende-se que seja um espaço de debate que se estenda não apenas a conservadores/restauradores e arquivistas mas a todos os interessados na valorização, fruição e preservação do património arquivístico.

 

Programa
Abertura
— Reitor da Universidade do Minho, António M. Cunha
— Presidente do Conselho Cultural da Universidade do Minho, Eduarda Keating
— Diretor-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), Silvestre Lacerda.
— Diretor do Arquivo Distrital de Braga, António Sousa

Comunicações
— “Códices Medievais: Momentos de Transformação”.
Inês Correia, Diana Avelar e Liliana Silva – Técnicas superiores de Conservação e Restauro, DGLAB
— “Selos de chumbo: património arquivístico “esquecido”. Catarina Santos, doutoranda em Química da FCT da U. Coimbra
– “Conservação do património arquivístico pelo ADP: “Consultório no Arquivo” e outras formas”. Edite Pereira e Maria João Pires de Lima, Arquivo Distrital do Porto
– Debate

Durante o encontro estarão expostos selos de chumbo e os códices que foram objeto de intervenção (Liber Fidei, Missal de Mateus, Diurnal Bracarense, Livro de Horas).

 

Sobre o Autor

editorial@bad.pt

Deixe um Comentário




Pretende associar uma imagem ao seu comentário, crie uma em Gravatar.