Seguir o fio de Ariadne: reconstituição de sistemas de informação pretéritos

Sandra Patrício

Resumo


O conhecimento da história das instituições e da sua interacção com o meio social em que se inseriram e actuaram depende muito da existência do seu arquivo. No entanto, quando as instituições não conservaram os seus sistemas de informação, por vicissitudes várias, as possibilidades de reconstituir a sua história ficam muito limitadas.

Este pequeno trabalho tem como objectivo apresentar a tentativa da reconstituição de um sistema de arquivo pretérito a partir dos documentos sobreviventes conservados pelo produtor e por outras instituições que mantiveram com ele relações hierárquicas, temporais e associativas. Seleccionou-se a Santa Casa da Misericórdia de Sines, alvo de um estudo sistemático publicado este ano (Patrício, 2016).


Palavras-chave


sistema de informação, Santa Casa da Misericórdia de Sines, Arquivo Municipal de Sines, documento de arquivo.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Parceiro institucional:

EBSCO