Promover o acesso aberto com o Open Journal System : duas instituições, duas realidades

Paula Seguro-de-Carvalho, Rui Teófilo

Resumo


Devido às alterações tecnológicas que ocorreram nos últimos anos foram introduzidas novas formas de adquirir, armazenar e transmitir a ciência. As instituições de ensino superior que têm revistas científicas procuram divulgá-las e dar-lhes visibilidade. Para o fazer muitas têm recorrido à utilização do Open Journal System (OJS), desenvolvido pelo Public Knowledge Project. Usando este sistema foi possível criar uma plataforma independente para a revista Saúde & Tecnologia, da ESTeSL, e para a revista Da Investigação às Práticas, da ESELx. O objetivo para a implementação do sistema foi facilitar as tarefas dos editores, dar maior visibilidade às revistas e disponibilizá-las em plataformas internacionais. Ambas as Escolas decidiram usar o OJS para a realização desta tarefa e, neste momento, as duas revistas dispõem de um espaço independente onde estão alojados os números já editados. A ESTeSL também disponibiliza a sua revista no Directory of Open Access Journals (DOAJ) e a ESELx na Scientific Electronic Library Online (SciELO) que, por sua vez, assegura o processo de submissão ao DOAJ. As vantagens da adoção desta plataforma são a disponibilização de uma plataforma web acessível a qualquer um dos elementos envolvidos no processo editorial, a qualquer hora e em qualquer lugar.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Parceiro institucional:

EBSCO