Bibliotecas da Universidade Aberta

Você está aqui Início  > Bibliotecas de Ensino Superior  > Ensino Universitário Público >  Bibliotecas da Universidade Aberta
Item da imagem

De acordo com a Estrutura Orgânica da Universidade Aberta, a Direção de Serviços de Documentação (DSD) tem a responsabilidade de coordenar, organizar e gerir os sistemas de documentação da Universidade, de modo a promover uma eficiente articulação e integração destes com as unidades orgânicas, organizacionais e serviços. A DSD integra dois serviços: o Serviço de Gestão Documental e Preservação Digital (SGDPD) e o Serviço de Recursos e Base de Dados Bibliográficos (SRBDB).

Compete à DSD: assegurar e manter as infraestruturas, meios e recursos técnicos e humanos necessários à prestação de um serviço da qualidade nas áreas de arquivo, preservação digital e disponibilização de recursos, sobretudo digitais, e de apoio às atividades de ensino -aprendizagem e de investigação; desenvolver sistemas avançados de apoio bibliográfico às atividades de ensino e aprendizagem levadas a cabo por estudantes e docentes; garantir o acesso, em condições adequadas, aos utilizadores dos sistemas e tecnologias sob sua administração, zelando pelo seu bom funcionamento e promovendo boas práticas na sua utilização; coordenar, organizar e gerir, de acordo com as melhores práticas internacionais, os sistemas de arquivo e preservação digital de todo o acervo documental da Universidade, em estreita articulação com as unidades orgânicas, organizacionais e serviços; aconselhar o reitor na elaboração e acompanhamento da execução de um plano estratégico de médio e longo prazo, permanentemente atualizado, para as áreas do arquivo, preservação digital e recolha e divulgação de informação; apoiar os Serviços de Apoio ao Campus Virtual nos trabalhos de conceção, implementação e manutenção dos sistemas de informação e aplicações relacionados com a interoperabilidade e a gestão documental; conceber, implantar e monitorizar um sistema de gestão documental da Universidade; desenvolver uma política ativa de reutilização de informações, em articulação com outras instituições, públicas e privadas; definir modelos e práticas de apoio ao desenvolvimento dos sistemas de arquivo e preservação digital, assim como de recolha e disponibilização de informação, e promover a adoção de soluções inovadoras que permitam otimizar a interoperabilidade entre aplicações e sistemas de informação em uso na Universidade; desenvolver orientações de valorização do acervo documental digital da Universidade.

Serviços prestados

Serviço de Gestão Documental e Preservação Digital: elaborar estudos e propostas, com vista ao melhoramento contínuo da arquitetura de proteção do arquivo e de preservação digital da Universidade, assim como dos meios técnicos utilizados pelos serviços desta, de acordo com os objetivos superiormente definidos; identificar, a todo o tempo, as necessidades de aquisição e substituição de material adequado à prossecução das suas atividades; deter, organizar e disponibilizar ao público os documentos relacionados com a história e o desenvolvimento da Universidade; conservar e preservar, de acordo com a legislação aplicável, privilegiando o formato digital, os documentos e materiais produzidos pela Universidade, incluindo guias de cursos, planos de estudos e demais elementos informativos relativos às unidades curriculares e de todo o acervo documental da Universidade, independentemente da sua natureza (áudio, vídeo ou scripto); promover internamente, em diálogo com os demais serviços da Universidade, a adoção de boas práticas com impacto na vida académica; colaborar ativamente com outras entidades, públicas e privadas, com vista à divulgação do acervo documental da Universidade e à partilha de meios e recursos.

Serviço de Recursos e Base de Dados Bibliográficos: localizar, recolher, conservar e disponibilizar os materiais necessários às atividades da Universidade, com especial incidência nos que se relacionam com o ensino a distância, privilegiando os formatos digitais; dinamizar a rede de contactos e de colaborações, nos planos nacional, europeu e internacional, com vista ao intercâmbio e enriquecimento do acervo documental da Universidade; gerir o repositório digital de acesso aberto da Universidade, contribuindo para o seu desenvolvimento e divulgação; promover a utilização, depósito e partilha de recursos educacionais abertos (REA), em conformidade com a política definida na Universidade; assegurar, em articulação com o Gabinete Jurídico, os processos de licenciamento de materiais documentais, bem como a sua aplicação, privilegiando as licenças “Creative Commons”, nos casos de conteúdos de acesso aberto; providenciar o registo legal e a obtenção de identificadores próprios para os documentos publicados pela Universidade; gerir e divulgar o acesso às subscrições periódicas de revistas e outros documentos, em articulação, especialmente, com os programas nacionais de subscrição e acesso digital;

Catálogo on-line; Empréstimo domiciliário; Empréstimo interbibliotecas; Formação de utilizadores; Leitura presencial; REPOSITÓRIO AbERTO; Serviço de fotocópias,  impressão e digitalização; Serviço de informação e referência; Serviço de pergunta/resposta.

534e5bebc1d9e-image_gallery

Política de admissão de utilizadores

As bibliotecas estão abertas ao público em geral, podendo qualquer pessoa, independentemente da sua origem ou nacionalidade, aceder às mesmas e consultar presencialmente os recursos existentes. São utilizadores das bibliotecas: a) Estudantes, docentes, investigadores, trabalhadores não docentes e colaboradores da UAb; b) Utilizadores externos autorizados; c) Entidades de arquivo, bibliotecas e outros serviços de documentação e ou informação nacionais e internacionais; d) Público em geral.

Fundos especiais e/ou Coleções Digitais

Fundo Documental: Monografias; Publicações periódicas; Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento (defendidas na UAb); Biblioteca Antiga – História, Língua e cultura portuguesas; Videogramas; Audiogramas; Recursos educacionais abertos (REA).

Recursos eletrónicos:

B-on – Biblioteca do Conhecimento online – (Some for Some – “Emerald Public Policy & Environmental Management Collection”; Bases de Dados EBSCO; JSTOR Arts & Sciences III;  JSTOR Arts & Sciences IV; JSTOR Arts & Sciences IX; JSTOR Business III; eLibrary USA; Ponto de Acesso INE.

Arquivo Audiovisual:

O Arquivo Audiovisual da Universidade Aberta é constituído pela produção audiovisual da UAb bem como das instituições que a antecederam: IMAVE – Instituto de Meios Audiovisuais da Educação; ITE – Instituto de Tecnologia Educativa; IPED – Instituto Português de Ensino a Distância e PUA – Projeto Universidade Aberta.

Este é um acervo de características singulares, de interesse para a Instituição mas também para a memória coletiva. Os conteúdos documentam a evolução das ferramentas e dos métodos aplicados ao longo dos tempos nas práticas de ensino a distância em Portugal.

(Acervo em processo de avaliação e tratamento documental).

Ligações


O nosso endereço

Endereço:
Rua da Escola Politécnica, 147, 1269-001 Lisboa
GPS:
38.7181772, -9.15227619999996
Telefone:
213916300
cdoc@uab.pt
Web:
http://www.uab.pt/web/guest/organizacao/servicos/sdocumentacao

Horário de abertura

Segunda:
09h - 18h
Terça:
09h - 18h
Quarta:
09h - 18h
Quinta:
09h - 18h
Sexta:
09h - 18h

Responsável: Madalena Carvalho - Maria.Carvalho@uab.pt

Deixar uma revisão

Avaliação global

Comentários fechados