Museología y Documentación: criterios para la definición de un proyecto de documentación en museos

MuseologíaEditado em 2010 pela Trea, este trabalho da autoria de Andrés Gutiérrez Usillos, guia-nos na construção de um projeto de documentação, na aplicação prática desta disciplina no universo dos museus. Apresenta-nos planos, objetivos e critérios de qualidade que permitam o seu desenvolvimento, na sua maioria aplicados no Museo Nacional do Prado pelo autor no exercício das suas funções na área de Registo e Documentação, entre 2003 e 2008.

Estruturada em três capítulos, a obra apresenta um enquadramento teórico sobre a sociedade em geral, as novas exigências informacionais e o subsequente desenvolvimento da documentação, da informação e do conhecimento nos museus associados a novas correntes teóricas museológicas, assim como os requisitos da documentação aplicada aos museus.

O primeiro capítulo aborda a evolução da sociedade nos últimos anos, a democratização da cultura e os avanços no âmbito das tecnologias da informação e comunicação. O segundo capítulo apresenta-nos a museología contextual como sucessora da nova museologia. O terceiro capítulo demonstra a aplicação prática do enquadramento teórico apresentado no capítulo precedente num serviço de documentação de um museu. Neste último capítulo definem-se e analisam-se os diferentes conceitos: documentação, informação, investigação, biblioteca e objecto documental.

O desenvolvimento desta disciplina nos museus permite o aperfeiçoamento do museu enquanto espaço de comunicação e como centro de documentação, a interpretação da documentação num sistema de informação integrado que recupera o valor informacional dos objetos e que valoriza as novas necessidades de informação dos visitantes e utilizadores.

Fernanda Ferreira

Sobre o Autor

Grupo de trabalho BAD de Sistemas de Informação em Museus