Big Data em reflexão e debate no Instituto Superior Técnico

No passado dia 23 de novembro de 2015 decorreu mais uma sessão do Ciclo de Reflexão e Debate do Grupo de Trabalho de Documentos de Arquivo da BAD. O tema escolhido para esta edição foi Big Data: que desafios para os profissionais de informação? 

User comments

Com o Instituto Superior Técnico como anfitrião do evento, o GTDA contou com apresentações de um painel de especialistas em sistemas de informação, com reconhecida experiência em projetos que se identificam com o conceito de Big Data. Assim, para abordar a temática, que tem tanto de complexa como de atual e pertinente, estiveram presentes Mário Silva, do INESC-ID e  IST; José Barateiro, responsável pelos Sistemas de Informação do LNEC e Daniel Gomes da FCCN, tendo a mesa sido moderada por  José Borbinha, do IST.

Para uma introdução ao tema, foi apresentado o próprio conceito em análise, considerando-se que três fatores essenciais permitem a confirmação de que estamos perante “casos de Big Data”: elevado volume de informação, grande necessidade de velocidade (de processamento e de acesso), grande diversidade de tipologias de dados. Foram ainda referidas como determinantes para a gestão de sistemas de informação com estas características, as questões da fiabilidade e da autenticidade dos conteúdos, enquanto critérios para a determinação do seu valor, ou seja, da sua utilidade, designadamente para o apoio à decisão, ou, por outro lado, da possibilidade da sua eliminação.

Como exemplos de sistemas de informação enquadrados no conceito de Big Data, foram apresentados dois casos emblemáticos: “O caso do LNEC”, por José Barateiro e o caso do Arquivo da Web Portuguesa , por Daniel Gomes, com a comunicação “Arquivos web: novos recursos para a análise histórica e social”.
José Barateiro começou por descrever algumas das características dos sistemas de informação, pelos quais é responsável no LNEC. De entre os desafios que advêm dessa gestão, destacou quer a recuperação de informação, produzida ao longo de dezenas de anos, em diversos suportes e formatos, quer o enorme volume de dados recolhidos permanentemente e de forma sistemática. Referiu ainda a necessidade de recuperação de informação em tempo útil, tendo dado, para o caso do LNEC, o exemplo da informação reunida no âmbito das obras de construção e manutenção de barragens.
Daniel Gomes apresentou o Arquivo da Web Portuguesa, como uma importante fonte de informação para a salvaguarda da memória histórica e social, tendo identificado algumas das características do projeto que se identificam com o conceito de Big Data, desde logo pelo grande volume e pela grande diversidade da informação a recolher e a preservar. Sensibilizou ainda os presentes para a necessidade de colaboração e de envolvimento das instituições e da própria sociedade nesta recolha que se pretende sistemática e pertinente, para que possa ser potenciado o seu valor.
Rita Gago

Sobre o Autor