Apresentação do Plano de Actividades para 2016 pelo Grupo de Trabalho de Gestão de Documentos de Arquivo na Assembleia Geral da BAD

No passado dia 12 de Março do corrente ano foi apresentado na Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD), o Plano de Actividades para 2016 do Grupo de Trabalho de Gestão de Documentos de Arquivo (GT-GDA).

CD DVD DiscEste Grupo de Trabalho (GT) conta actualmente com 71 membros inscritos na mailing list e cerca de 2.110 no Facebook. As sessões de trabalho ocorrem com periodicidade mensal, sendo realizadas presencialmente mas também transmitidas online.

Os objectivos plasmados no Plano de Actividades para 2016 circunscrevem-se a quatro grandes eixos, nomeadamente:

  1. Promoção da investigação
  2. Tradução de normas e documentos técnicos
  3. Realização de eventos
  4. Divulgação e publicação de artigos   

     

  1. Promoção da investigação

1.1 Estudo comparativo da legislação no âmbito da Administração Eletrónica e desmaterialização, dando continuidade a uma linha de trabalho anteriormente iniciada. Prevê-se, entre outras iniciativas, a realização de um balanço das diversas iniciativas legislativas apresentadas à Assembleia da República sobre governação electrónica na XII legislatura e a recolha e análise de conceitos acerca da governação colaborativa.

1.2. Início da linha de trabalho sobre Arquivos empresariais
A linha de trabalho sobre Arquivos Empresariais constitui a grande novidade do Plano de Actividades para 2016, pretendendo assim dar continuidade ao Grupo de Trabalho de Arquivos Empresariais (GTAE) que terminou a sua actividade em 2007. A reactivação do GT-GDA reuniu elementos dos dois GT anteriores e, embora, num âmbito de actuação mais transversal, tem como intuito retomar esta temática.

Neste sentido, foram delineados os seguintes objectivos:

a) Sensibilizar para a importância dos arquivos empresariais e dos profissionais BAD, numa primeira instância, através da concepção de um folheto de sensibilização a distribuir por diversas entidades;

b) Identificar os arquivos empresariais existentes em Portugal através, sobretudo de dois instrumentos, a recolha de case-studies de boas práticas e o lançamento de um questionário a nível nacional;

c) Promover a formação direccionada para as necessidades específicas do sector, tendo por base diversos critérios, como por exemplo, a análise da actual formação ministrada em Portugal, os temas das dissertações de mestrado elaboradas, entre outros.

  1. Tradução de normas e documentos técnicos da família de normas 30300, dando continuidade a um projecto já iniciado, em colaboração com a DGLAB no âmbito da CT7, bem como a publicação da edição revista da tradução do estudo de Carlota Bustelo.
  2. Realização de eventos: organização das sessões do Ciclo de reflexão e debate, acerca de temáticas relacionadas com a gestão do risco, gestão da segurança e gestão de e-mails. Encontra-se também prevista a realização de seminários e jornadas em colaboração com outros GT e Delegações Regionais. Está planeada a organização de uma feira de emprego BAD em articulação com os outros GT.
  3. Divulgação e publicação de artigos no Notícia BAD acerca de arquivos empresariais e da governação electrónica, entre outros temas relacionados. Pretende-se também dar continuidade ao Diretório de profissionais de gestão documental, equacionando a criação de outras entidades e campos de preenchimento.

Através dos links poderá aceder na íntegra ao Relatório de Actividades 2015 e ao Plano de Actividades 2016 deste Grupo de Trabalho, em particular, e das restantes estruturas da BAD.

O GT-GDA encontra-se aberto à participação de todos os profissionais da área que pretendam desenvolver trabalho nestas linhas de acção ou noutras, que venham sejam propostas, desde que devidamente enquadradas no âmbito deste GT.

Participa! Junta-te a nós!

Post_it

Sobre o Autor