Arquivo Municipal de Lisboa organiza Jornadas Ibero-Americanas de Arquivos Municipais 2016, sob o lema “Reinventando os arquivos no século XXI”

BOTAOretangular_site© CML Arquivo Municipal de Lisboa

No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Arquivos, celebrado a 9 de Junho, o Arquivo Municipal de Lisboa pretende assinalar esta efeméride com a organização das Jornadas Ibero-Americanas de Arquivos Municipais. A iniciativa decorre entre 1 e 3 de junho na Fundação Calouste Gulbenkian, e tem por objetivo promover a partilha de experiências entre as várias instituições congéneres e o mundo académico.

Os arquivos contemporâneos há muito que deixaram de ser espaços fechados, abrindo-se a toda a sociedade. A sua função estratégica e transversal dentro das organizações cria novos desafios que os profissionais e as instituições têm de enfrentar e sobre os quais importa refletir de forma global. Partindo destes pressupostos e preparando um debate em torno destas questões, as Jornadas de 2016 têm como tema Reinventando os arquivos no século XXI.
O evento reúne, num espaço que se quer de reflexão, debate e de reconhecimento das recentes áreas de interesse no campo da investigação,16 instituições representadas por peritos portugueses, espanhóis e da América Latina.

Da Comissão de Honra do evento fazem parte o presidente do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian, Artur Santos Silva, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, o diretor-geral da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, Silvestre de Almeida Lacerda, e a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Catarina Vaz Pinto.

Um convite aberto aos profissionais das ciências da informação e a todos aqueles que se interessam pela temática e os novos desafios a enfrentar.

A entrada é livre, com inscrição obrigatória até ao próximo dia 22 de maio, sujeita a confirmação e condicionada à lotação da sala.

O programa completo das jornadas pode ser descarregado aqui, e o formulário de inscrição encontra-se disponível aqui.

© CML\ Arquivo Municipal de Lisboa

Sobre o Autor