2º Seminário de Preservação Comum de Património Digital na Torre do Tombo

A Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e Bibliotecas (DGLAB) vai realizar nos dias 20 e2SEMINARIO-V3 21 de junho, nas instalações da Torre do Tombo, o 2º Seminário de Preservação Comum de Património Digital.

Este evento decorre do balanço das atividades do Projeto Continuidade Digital e do consequente equacionar de cenários de continuidade para ultrapassar problemas de contexto da realidade portuguesa no que à preservação digital respeita, designadamente:

  • a existência de um problema premente e transversal: preservar património digital;
  • ausência de mercado tecnológico direcionado à área em questão;
  • constrangimentos orçamentais das entidades públicas e privadas que dificultam uma abordagem individualizada do problema em análise

Tendo em conta o nível de aspetos de convergência estabelecidos e consolidados ao longo dos trabalhos entre os membros das Comunidades de Prática (CdP) participantes no referido projeto, suscetíveis de possibilitarem a interoperabilidade da preservação da informação digital, a constituição de uma rede comum cooperativa, apostando na conjugação de sinergias, foi considerada a solução mais viável para dar resposta à vontade existente de preservar património digital, ainda que sujeita à discussão de questões em aberto, referentes a problemas e constrangimentos de ordem burocrática determinantes para a avaliar e ponderar a viabilidade de um modelo cooperativo de governação em rede. Nesse sentido, urge discutir e aprofundar à luz da realidade atual da AP os seguintes aspetos da rede:

Objetivos gerais:

  • Destacar a questão da preservação do património digital para que seja reconhecido a sua pertinência e o seu valor estratégico;
  • Sensibilizar e dinamizar o público e os participantes de CdP inscritos para a problemática da gestão da preservação de património digital em rede;
  • Apresentar, discutir e validar os resultados do Projeto Continuidade Digital;
    Apresentar e clarificar questões técnicas, dificuldades, soluções e desafios da preservação digital distribuída e multidomínio;
  • Debater problemas e constrangimentos da governação em rede no atual contexto da AP e suscitar soluções possíveis;
  • Apresentar estudos de caso internacionais de modelos de Preservação Digital;
  • Divulgar e submeter à discussão cenários futuros de preservação digital;
  • Cooptar massa crítica e potenciais parceiros para a constituição de uma rede de preservação comum de património digital.

Destinatários: Pessoal e funcionários afetos a entidades produtoras e detentoras de património digital – públicas ou privadas – que integram uma determinada CdP bem como todo o tipo de público: produtores e utilizadores de informação digital, académicos, estudantes, profissionais TIC, informáticos etc.

Aceda aqui para inscrições e mais informações.

Sobre o Autor