Maria José Moura (1937-2018)

O Conselho Diretivo Nacional da BAD manifesta publicamente o mais profundo pesar pelo falecimento de Maria José Sabino Moura, associada honorária fundadora da BAD e profissional de elevado mérito, que dedicou toda a sua vida às bibliotecas públicas, ao livro, à informação e ao conhecimento. A BAD envia à família e aos amigos as mais sinceras e sentidas condolências.

O funeral realiza-se amanhã, sábado, às 11h00, no Cemitério dos Remédios, em Évora.

Maria José Sabino Moura nasceu, em Évora, em 1937.
Licenciada em Ciências Históricas e Filosóficas / Curso de Bibliotecário Arquivista.
Directora dos Serviços de Documentação da Universidade de Lisboa até 1987.
Directora do Serviço de Bibliotecas do IPLB/Ministério da Cultura – tendo elaborado e dirigido o Programa da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas – até 2006 e, simultaneamente, Coordenadora Geral do Projecto do Inventário do Património Cultural Móvel, Delegada Nacional do PGI/UNESCO, Vice‐Presidente do Conselho Superior de
Bibliotecas, responsável pelo National Focal Point – Telematic for Libraries e membro do Information Society Forum (Bruxelas).
Docente no Curso de Especialização em Ciências Documentais das Universidades de Lisboa e Coimbra e em Cursos de Técnicos Profissionais da BAD.
Presidiu e/ou integrou a comissão organizadora de diversas conferências nacionais e internacionais do sector e convidada a apresentar comunicações em muitas outras.
Convidada para o Conselho Nacional da Cultura – Secção do Livro e das Bibliotecas.
Integra a Comissão de Honra do Plano Nacional de Leitura – PNL Pertenceu aos Comités Permanentes da IFLA Public Libraries e Library Buildings and Equipment.
Fundadora e Presidente da BAD, de que é Sócia Honorária e actualmente Presidente da Mesa da Assembleia Geral.
Condecorada com a Ordem do Mérito, recebeu também (1998, Amesterdão) o Prémio Internacional do Livro, por proposta da IFLA.

Sobre o Autor

editorial@bad.pt