Publicadas as Recomendações para as Bibliotecas de Ensino Superior de Portugal 2020-2022

O Grupo de Trabalho das Bibliotecas do Ensino Superior (GT-BES) da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas apresentou no passado mês de maio as Recomendações para as Bibliotecas de Ensino Superior de Portugal 2020-2022. O GT-BES publicou estas novas recomendações com a intenção de mobilizar os profissionais das Bibliotecas para objetivos comuns, oportunidades de inovação e práticas de atualização que valorizem o papel das Bibliotecas nas Instituições de Ensino Superior e Investigação.

As recomendações foram primeiro apresentadas num webinar organizado no dia 14 de maio, para promover a discussão pública da proposta de recomendações e depois de um período de revisão, o documento final foi publicado no Repositório internacional Zenodo. Consulte a apresentação feita e a gravação desse webinar.

As 12 recomendações visam propor eixos de intervenção prioritários para os quais as Bibliotecas de Ensino Superior  devem estabelecer estratégias e planos de ação efetiva a curto e médio prazo. Estas recomendações para o triénio 2020-2022 destinam-se a todos os profissionais de informação das Bibliotecas de Ensino Superior de Portugal, bem como às estruturas de tutela das Instituições de Ensino Superior e Investigação, focando-se em quatro vertentes: i) Apoio ao ensino e aprendizagem, ii) Apoio à investigação, iii) Desenvolvimento profissional e organizacional, iv) Redes, cultura e património. Conheça o sumário das recomendações:

Apoio ao Ensino e à Aprendizagem

  • Reforçar as competências em literacia da informação
  • Promover a fluência digital e o uso ético da informação
  • Dinamizar espaços de aprendizagem, experimentação e criação de conhecimento

Apoio à Investigação

  • Capacitar para a prática da Ciência Aberta
  • Viabilizar iniciativas editoriais e a publicação científica e académica
  • Consolidar parcerias estratégicas no apoio à investigação

Desenvolvimento Profissional e Organizacional

  • Fomentar o potencial inovador e o valor das Bibliotecas do Ensino Superior
  • Investir na capacitação dos profissionais
  • Assumir o potencial de pioneirismo tecnológico

Redes, Cultura e Património

  • Assegurar a preservação e difusão do património e a herança cultural e científica
  • Estimular a oferta cultural e científica integrada
  • Participar ativamente em redes de cooperação institucional e parcerias sociais

No 2º Workshop das BES, realizado no dia 26 de maio, a versão final das recomendações foi apresentada e iniciado o processo de promoção e divulgação de um documento destinado a todos os profissionais das BES e tutelas das IES de Portugal. Ver apresentação.

Sobre o Autor

Pedro Príncipe: Especialista de Informação e Gestor de projetos Open Science. Bibliotecário. Atualmente Chefe de Divisão nos Serviços de Documentação da Universidade do Minho. Formador na área TIC. Coordenador do Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Ensino Superior da BAD.