As primeiras “Conversas com Norte” de 2021

Foi no dia 10 de fevereiro de 2021, que se iniciou a segunda temporada das “Conversas com Norte“. Esta sessão foi especialmente participada, não só pela convidada para a rubrica “O Associado na Primeira Pessoa”, a Professora Doutora Fernanda Ribeiro, mas igualmente pelo tema a debate – Rede de Arquivos Municipais – que mobilizou muitos profissionais da área.

A primeira parte desta sessão, dedicada ao Associado na Primeira Pessoa contámos com a Fernanda Ribeiro, figura incontornável que muito tem contribuído para a afirmação e dignificação da nossa profissão, assim como, para a validação das competências dos novos profissionais de Ciência da Informação.

Associada já de longa data, presenteou-nos com as suas motivações e encanto pela área das bibliotecas e arquivos, onde desde muito nova, altura em que fez, nos anos 70, serviço cívico estudantil, na Biblioteca Pública de Braga, conhecendo o jovem bibliotecário de então, Henrique Barreto Nunes. Esta experiência vai acabar por definir o seu caminho ligado às bibliotecas, aos arquivos, à gestão integrada da informação, que defende desde o momento em ingressou na Universidade de Coimbra, no curso de pós-graduação de Bibliotecário-Arquivista. A partir daqui não parou de defender que esta profissão é, sem dúvida, imprescindível a qualquer organização. Um dos seus grandes contributos é indubitavelmente a defesa desta área como uma ciência, a da Informação, auxiliando na sua consolidação e credibilização científica.

Para nos falar do tema: Redes de Arquivos Municipais, contámos com a presença do diretor do Arquivo Distrital de Aveiro, Porfírio Correia. Com ele percorremos algumas das etapas da sua vida profissional, na participação, na criação, na promoção e desenvolvimento de redes de arquivos municipais, refletindo o seu percurso e os diferentes locais de trabalho por onde foi passando, de sul a norte do país. Assim, ficámos a conhecer algumas das redes existentes, um pouco da sua história, como surgiram e o que tem despoletado do seu aparecimento – pela necessidade de “partilhar experiências, difundir boas práticas, implementar projectos e organizar iniciativas”. Mais em particular, falou-nos da Rede de Arquivos da Região de Aveiro, rede criada em 2014, coordenada pelo Arquivo Distrital que dirige. Seguiu-se um momento de debate bastante aceso, coordenado pelo nosso colega e vogal da delegação norte, Vitor Marinho, do Arquivo Municipal de Ponte da Barca.

A sessão já se encontra disponível no canal do Youtube da BAD: https://youtu.be/lWd11qUPoqI

Esperamos por si para estas e outras “Conversas”! Até março.

Sobre o Autor