Exposição “ARQUIVOS UMA MEMÓRIA VIVA”

A Rede de Arquivos Municipais da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo foi criada pelos Municípios que integram a Comunidade, em reunião do Conselho Intermunicipal de 9 de Maio de 2016.

Constituindo um dos seus objetivos a dinamização cultural do Baixo Alentejo, através da realização de atividades conjuntas dos arquivos, a rede tem vindo a trabalhar no último ano numa candidatura ao Portugal 2021, integrada na reprogramação da Rede Intermunicipal de Bibliotecas do Baixo Alentejo, tendo obtido aprovação na reunião do Conselho Intermunicipal da CIMBAL de 14 dezembro.

A exposição “Arquivos Uma Memória Viva” pretende que todos os parceiros que integram a rede, nomeadamente, Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Beja, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Ourique, Serpa e Vidigueira, tenham a oportunidade de dar a conhecer os espólios que têm à sua guarda, com uma mostra dos documentos mais relevantes do seu acervo arquivístico, enquanto testemunhos de acontecimentos marcantes da história e da vida de cada comunidade. Procura desenvolver uma narrativa sobre a importância dos arquivos, enquanto memória viva de uma comunidade, de uma região e demonstrar que são fontes de informação fidedignas, evidências da história, que nos permitem viajar no tempo. Percebermos o que fomos, como e porque somos, e, através da nossa identidade, afirmarmo-nos firmemente na construção do futuro.

Esta exposição será itinerante e está agendada para o ano de 2022.

Sobre o Autor