DGLAB abre candidaturas ao Prémio Maria José Moura – Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais

A DGLAB tem candidaturas abertas, até 3 de maio, ao Prémio Maria José Moura – Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais. Este prémio, já na sua 7ª edição, foi recentemente renomeado para homenagear Maria José Moura, pelo papel determinante que desempenhou na constituição da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas.

O prémio tem o valor de 4.500 euros, destinados à aquisição de recursos e serviços para a melhoria da qualidade dos serviços de biblioteca. Procura distinguir projetos inovadores e de grande impacto na comunidade, desenvolvidos pelas bibliotecas públicas municipais portuguesas. A partilha e divulgação de boas práticas procura contribuir para o reconhecimento e valorização do papel social das bibliotecas públicas.

De acordo com o Regulamento do Prémio (http://bibliotecas.dglab.gov.pt/pt/PremioBoasPraticas/Documents/REGULAMENTO_PMJM_2020.pdf), podem candidatar-se as bibliotecas públicas municipais portuguesas, mediante a apresentação de projetos em desenvolvimento ou desenvolvidos no ano anterior. Os projetos devem ter um carácter inovador e original face aos serviços e práticas que habitualmente ocorrem nas bibliotecas.

Nas edições anteriores foram premiados os seguintes projetos:

  • 6ª edição, 2019: projeto “Bibliomóvel de Proença-a-Nova”, apresentado pela Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova;
  • 5ª edição, 2018: projeto “Biblioteca do Bairro” desenvolvido pela Biblioteca Municipal Ary dos Santos, de Sacavém, apresentado pelas Bibliotecas Municipais de Loures;
  • 4ª edição, 2017: tendo o júri optado pela não atribuição do prémio, foram atribuídas quatro Menções Honrosas aos projetos “Maratona de Leitura – 24 Horas a Ler”, da Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, Sertã; “Os 10 temas de Ciência do Ano. Ciclo de conferências de divulgação científica”, da Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago; “Vidas e Memórias de Bairro: oficinas comunitárias de memória”, das Bibliotecas Municipais de Lisboa; e “Ciência P’ra que te Quero”, da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, Braga, em parceria com a Universidade do Minho/Escola de Ciência;
  • 3ª edição, 2016: projeto “Ao som das histórias”, apresentado pela Biblioteca Municipal de Ílhavo;
  • 2ª edição, 2015: projeto Contos Andarilhos, apresentado pela Biblioteca Municipal de Valongo;
  • 1ª edição, 2014: projeto “Rede de Bibliotecas da CIRA”, apresentado pela Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA).

Mais informações sobre o Prémio e a candidatura de projetos podem ser obtidas em: http://dglab.gov.pt/abertas-candidaturas-premio-maria-jose-moura-boas-praticas-em-bib-pub-municipais/.

O Vogal da Comunicação do Conselho Nacional da BAD
Luís Costa

Sobre o Autor