Recursos educacionais abertos na Universidade Aberta. A rede como estratégia de comunicação e sustentabilidade

Madalena Carvalho

Resumo


Apresenta-se a comunidade de prática da Universidade Aberta (UAb), relativa à produção e disponibilização de recursos educacionais abertos, através do seu Repositório Institucional – Repositório Aberto.

O Repositório Aberto estrutura-se em torno dos conceitos de acesso aberto e de educação aberta. Enquanto ferramenta alinhada com a estratégica de inovação pedagógica da instituição, esta é uma iniciativa inédita em instituições de ensino superior de Portugal.

O plano de desenvolvimento subjacente ao funcionamento e sustentabilidade deste projeto assenta em grande medida na criação de escala. Com esse objetivo têm sido estabelecidos protocolos e parcerias que, pela interoperabilidade, permitem a integração do Repositório em redes de disponibilização de recursos educacionais abertos.

Analisam-se os cenários decorrentes das dinâmicas de colaboração interinstitucional, agregadas no âmbito das parcerias estabelecidas com três instituições brasileiras: CAPES, FioCruz e UNESP.

Perspetivam-se criticamente os desenvolvimentos efetuados e os indicadores colhidos, procurando identificar as forças e as oportunidades introduzidas, mas também avaliar as fraquezas e as ameaças do estabelecimento de projetos de interoperabilidade específicos para o desenvolvimento e a sustentabilidade de um repositório institucional.

Partilham-se ainda perceções, práticas e desafios, procurando contribuir para o diálogo e disseminação de (boas) práticas, extensíveis a comunidades com interesse na implementação de práticas educacionais abertas.


Palavras-chave


Recursos educacionais abertos; Repositórios institucionais; Práticas educacionais abertas; Interoperabilidade

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Parceiro institucional:

EBSCO