Livros digitais e os modelos de negócios

Liliana Giusti Serra, José Fernando Modesto da Silva

Resumo


O estudo enfoca a questão do licenciamento de livros digitais pelas bibliotecas a partir da análise dos principais modelos de negócios existentes (Aquisição perpétua, Assinatura, DDA, STL e EBS), com o objetivo de analisar as alterações decorrentes para o desenvolvimento de coleções. A partir de revisão de literatura e dos relatos de experiências identificam-se particularidades e características dos modelos de negócios e suas implicações para a gestão dos acervos bibliográficos, apresentando fragilidades como a perda de controle dos títulos presentes nas coleções, opções na substituição de títulos etc. Destacam as perspectivas de licenciamentos transitórios, como o aluguel de conteúdos sendo realizado para atender demandas imediatas dos usuários. Como resultado, espera fornecer subsídios aos bibliotecários de forma a orientá-los na identificação e seleção dos modelos de negócios adequados às necessidades de suas instituições. Conclui que os livros digitais devem ser considerados nas políticas de desenvolvimento de coleções de bibliotecas e estas devem garantir ao seu público o acesso aos conteúdos, à informação e à cultura.

Palavras-chave


Livro digital, Conteúdo licenciado, Modelos de negócios, Desenvolvimento de coleções

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.