Contribuição para o conhecimento dos hábitos de impressão dos docentes/investigadores do ensino superior

Maria Eduarda Rodigues, Antonio Pulgarin Guerrero, Margarita Pérez Pullido, António Moitinho Rodrigues

Resumo


O advento da Internet e a evolução dos suportes documentais levou à alteração de comportamentos de pesquisa e impressão de documentos por parte dos docentes/investigadores das instituições de ensino superior (IES). Este estudo decorreu numa IES e pretende ajudar a compreender os hábitos de leitura e impressão de documentos científicos dos seus docentes/investigadores. A recolha de dados fez-se através da distribuição online de um questionário. Obtiveram-se 117 respostas. 100% dos respondentes referiram utilizar a Internet para pesquisar documentos científicos; a maioria dos docentes/investigadores faz leitura de artigos científicos em suporte digital e de livros de texto em suporte papel; não ocorreram diferenças evidentes quanto ao género e faixas etárias; a frequência de impressão concentra-se nos parâmetros Ocasionalmente e Frequentemente; a área das Ciências Sociais e Humanidades recolhe maior número de respostas no parâmetro Frequentemente; a área das Ciências Exatas e Engenharia recolhe maior número de repostas no parâmetro Ocasionalmente. Os resultados obtidos evidenciam uma percentagem elevada de docentes/investigadores a imprimir documentos que recolhe da Internet. O conhecimento dos hábitos de leitura e impressão de documentos pode ajudar à tomada de decisão sobre recursos e suportes de leitura a disponibilizar pelas bibliotecas aos docentes/investigadores das IES.


Palavras-chave


Ensino superior, hábitos de impressão, suporte de leitura

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.