Valor económico da informação dos arquivos

Ana Margarida Soares, Rafal Antonio

Resumo


A teoria económica refere os activos reais das empresas como aqueles que detêm a capacidade de produzir bens e serviços de forma a gerar riqueza. A estes activos tangíveis tradicionais começa a juntar-se a informação, como activo intangível que passou a constituir um valor estratégico e deveria ser igualmente considerado no balanço das empresas.

 

Num ambiente digital e com a desmaterialização torna-se mais evidente esta realidade, em que a exploração da informação não estruturada (“big data”) que os arquivos custodiam, representa um recurso fundamental para a forma como as organizações pretendem diferenciar-se no mercado.

 

Os autores apresentam os resultados de um estudo de adequabilidade dos modelos de avaliação económica aplicado aos activos informacionais dos arquivos, com vista a validar a sua aplicação em várias situações – gestão documental de uma instituição, arquivo intermédio e arquivo definitivo.

 

Face aos resultados obtidos pretende-se concluir da viabilidade do modelo e da sua adequação para justificação da importância económica destes repositórios digitais.

Palavras-chave


Análise de investimento; Arquivos digitais; Governança de informação

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.