O Arquivo Fotográfico e Sonoro Digital do PSD

Paulo Batista

Resumo


O livre acesso aos arquivos e aos documentos que os integram é um direito democrático fundamental dos cidadãos. É essencial que as organizações, e os respetivos arquivos, possuam os recursos necessários para permitir o acesso à informação e ao conhecimento.

O Partido Social Democrata disponibiliza, desde 4 de dezembro de 2014, data do 34.º aniversário do falecimento de Francisco Sá Carneiro, parte do seu Arquivo Fotográfico Digital, a partir do sítio web do partido, em http://www.psd.pt/, sendo também possível aceder diretamente ao mesmo através do endereço eletrónico http://fotos.psd.pt/atom/.  

A comunicação do Arquivo Fotográfico Digital do PSD, que já conta com cerca de 5600 documentos, é um acontecimento relevante no contexto arquivístico, já que pela primeira vez um partido político disponibiliza a sua informação a partir de um software de gestão de arquivos, o AtoM, sem restrições de acesso, em ambiente web, através de um servidor HTTP, em conformidade com as normas do Conselho Internacional de Arquivos. 

No mesmo sentido, o PSD começou a disponibilizar, desde 6 de maio de 2015, o seu Arquivo Sonoro Digital, um espólio de grande riqueza, não apenas da sua atividade político partidária, como indissociável da história contemporânea de Portugal dos últimos 40 anos.

 


Palavras-chave


Arquivo Fotográfico Digital, Arquivo Sonoro Digital, Partido Social Democrata, AtoM

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.