Guia dos Arquivos do Distrito de Évora: conhecer e salvaguardar.

Jorge Janeiro

Resumo


A Sociedade da Informação assenta na facilidade de circulação e de acesso da informação propiciada pelas Novas Tecnologias. Projetos como o Portal Português de Arquivos, disponibilizado pela Rede Portuguesa de Arquivos (RPA), assumem-se como instrumentos privilegiados dos utilizadores dos arquivos que, através de um único ponto de acesso, pesquisam informação em vários repositórios. Atendendo a esta tendência, e uma vez que a RPA não esgota a necessidade de se obter conhecimento sobre todos os arquivos existentes, a Rede de Arquivos do Alentejo – Secção do Distrito de Évora (RAA-DE) decidiu avançar para a produção de um “Guia dos Arquivos do Distrito de Évora” onde constassem arquivos de instituições dos concelhos membros da RAA-DE. O projeto, de natureza incremental, visou a realização de um levantamento de alguns arquivos de cada concelho. A identificação é sucinta mas permite determinar que fundos existem, quem são os seus proprietários, onde se encontram, como podem ser consultados, as suas dimensões, datas extremas e legislação que os abrange. Este guia distrital suporta-se nos guias dos arquivos dos concelhos, o que pode vir a favorecer um papel mais interventivo dos municípios na proteção, tratamento e valorização dos inúmeros arquivos que existem nas suas áreas de intervenção.


Palavras-chave


guia de arquivos, arquivo, guia de fundos, Rede de Arquivos do Alentejo

Texto Completo:

Resumo Poster

Apontadores

  • Não há apontadores.