A preservação digital na Era da Comunicação

Sofia Pina

Resumo


A Sociedade da Informação em que vivemos obriga-nos a reconsiderar a ciência arquivística numa dimensão social, transpondo os arquivos para a esfera da memória colectiva. A Informação tornou-se num instrumento de desenvolvimento da sociedade, a sua fonte e o seu objectivo. É a essência da actividade humana.
A preservação digital é um problema da nossa sociedade moderna quando tentamos assegurar a longevidade da nossa herança cultural, dada a constante obsolescência dos recursos e das tecnologias.
A motivação para esta temática surge pela experiência profissional num arquivo audiovisual, que gere um fundo visível mas não palpável, de conteúdos em permanente actualização, de suportes frágeis, dependentes de uma cassete ou de um servidor, das sequentes experiências profissionais onde conjuguei o hábito do suporte papel às novas tecnologias.
A prática de preservação tem que fazer parte dos planos de actividade e das preocupações das instituições, na medida em que os objectos digitais necessários à actividade das organizações sê-lo-ão por períodos de tempo superiores aos prazos de auto-preservação.
O desafio da informação digital nos arquivos, é preservar registos autênticos para benefícios futuros, sendo essencial preservar a autenticidade, o conjunto de documentos que no seu todo constituem o registo.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.