Aplicação de análise de conteúdos no desenvolvimento de modelos de metadados para a gestão de dados de investigação

Cristiana Sofia Pereira Landeira, João Aguiar Castro, Maria Cristina de Carvalho Alves Ribeiro

Resumo


O aumento da produção de dados, resultantes da investigação científica, desafia a gestão de dados de investigação a desenvolver estruturas de metadados que sustentem a partilha, amplamente defendida pelas agências de financiamento. Nesse sentido, este trabalho consiste no desenvolvimento de modelos de metadados baseados na análise de conteúdos de artigos relacionados com contextos experimentais. De forma a explorar esta abordagem foi desenvolvido um estudo no domínio da Química Sustentável, do qual resultou um conjunto de 60 descritores que foram avaliados por um investigador do domínio. Dos descritores apresentados 53 foram identificados como indo ao encontro das necessidades de descrição do investigador. Através da sessão de avaliação junto do investigador é possível fazer algumas considerações: é notório o aumento do interesse do investigador na colaboração com o curador de dados à medida em que este vê materializado o que é pretendido para a descrição dos dados; verifica-se também a melhoria na comunicação através do conhecimento do domínio adquirido pelo curador. Este processo mostrou a possibilidade de conceber um modelo de metadados num período de tempo reduzido e permitiu a identificação de preferências por parte do investigador relativamente à especificidade ou generalidade dos descritores escolhidos.


Palavras-chave


Gestão de dados de investigação; metadados; análise de conteúdos

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.