O sistema estadual de Bibliotecas Públicas do Amazonas, meta 32 do Plano Nacional de Cultura – Brasil

Soraia Pereira Magalhães

Resumo


Aponta dados sobre a atuação do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Amazonas, organismo responsável por mobilizar ações em bibliotecas públicas nos municípios do estado do Amazonas, Brasil e reflete sobre o Plano Nacional de Cultura, que desde 2003 tem sido a base para os avanços no segmento cultural do país, pautado na aplicação de um plano de 53 metas que visa gerar equidade ao desenvolvimento do país no âmbito da cultura. Essa análise se pauta na meta 32 que visa instigar o Brasil a chegar até 2020 com ao menos uma biblioteca pública implantada e em atividade em todas as 5570 cidades do país. O recorte, porém se volta para as análises de cidades amazônicas e reflete sobre as necessidades informacionais de populações dos municípios de Autazes, Benjamin Constant, Tefé, São Sebastião do Uatumã e Urucurituba e destaca por fim o que deveria consistir um sistema de bibliotecas públicas. 

 

Este estudo tem relação com os trabalhos desenvolvidos pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas das Cidades da Amazônia Brasileira – NEPECAB, da Universidade Federal do Amazonas, bem como faz parte das análises do estudo doutoral Evaluación de las acciones del Sistema Estadual De Bibliotecas Públicas del Amazonas, em andamento, junto ao Programa de Doctorado en Formación en la Sociedad del Conocimiento, pela Universidade de Salamanca.

O objetivo central dessa comunicação é apresentar um fragmento do estudo diagnóstico que analisou as listagens estabelecidas pelo Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas - SNBP, bem como refletir sobre a atuação do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Amazonas e o fomento das bibliotecas nos municípios diante da Meta 32 do Plano Nacional de Cultura que estabelece a necessidade do país atingir o total de 100% dos municípios brasileiros com ao menos uma biblioteca pública em funcionamento até 2020.

As principais hipóteses que se buscava comprovar eram que o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Estado do Amazonas não cumpria com sua função de estimular, fomentar e fortalecer as bibliotecas no interior do estado, tampouco atuando de forma a favorecer a Meta 32 do Plano Nacional de Cultura.

Do ponto de vista metodológico, consiste em uma pesquisa qualitativa de cunho exploratório que visou em primeiro momento identificar a existência de espaços de bibliotecas ou outros equipamentos culturais em mais de 50% por cento do total de cidades que compõe o território do estado do Amazonas, no Brasil. Optou-se também por efetivar um recorte onde se buscou conhecer o comportamento informacional de uma mostra heterogênea de pessoas em cinco municípios pré-selecionados, dos quais: Um município que possuísse biblioteca pública e oferece bom serviço (Tefé); Um município que possuísse biblioteca pública, mas que não oferecesse serviços (Urucurituba); Um município que possuísse biblioteca, mas que não estivesse em funcionamento (Autazes); Um município que não possuísse biblioteca pública (São Sebastião do Uatumã); Um município com biblioteca pública onde a região apresentasse forte incidência de presença indígena (Benjamin Constant).

 


Palavras-chave


Bibliotecas Públicas, Sistemas de Biblitecas, Plano Nacional de Cultural- Brasil

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.