Informação electrónica e catálogos: os sinais da mudança

Fernanda Maria Guedes Campos

Resumo


Durante séculos o catálogo funcionou como o "coração" da biblioteca. Da lista mais ou menos elaborada a ficha bibliogrática normalizada, o catálogo procurou, de forma constante, ser o instrumento de referência das colecções das bibliotecas e, no final, o maior capital que a biblioteca possui. A informática revolucionou todas as tarefas das bibliotecas, em especial a constituição e gestão dos catálogos. O surgimento da informação em suporte electrónico vem trazer novos desafios as bibliotecas e, sobretudo, questionar os métodos, as regras e a normalização que tradicionalmente se utilizam.
Pretende-se nesta comunicação abordar as questões que o controlo bibliográfico e o acesso aos documentos electrónicos estão a suscitar, nomeadamente o futuro das regras tradicionais de descrição dos documentos, a continuidade dos formatos MARC e do UNIMARC, em especial, a formação do catálogo multimédia, e pretende-se, finalmente, proporcionar tópicos para a discussão sobre a complementaridade e coexistência entre os catálogos tradicionais e futuros.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.