Práticas de avaliação de serviços em Bibliotecas Universitárias: exploração de evidências em Portugal

Paula Ochoa, Aurora Machado

Resumo


A avaliação de desempenho dos serviços fornecidos à comunidade académica pelo sistema biblioteca universitária do ensino público, em Portugal, é o objecto desta comunicação que tem por base a dissertação desenvolvida para obtenção do grau de mestre em Ciências da Informação. Trata-se de um estudo exploratório das práticas e ferramentas de avaliação utilizadas e das concepções dos Profissionais de Informação, responsáveis ou co-responsáveis pela gestão das bibliotecas universitárias, no que respeita ao auto diagnóstico do desempenho organizacional como forma de melhorar a decisão, a eficácia, os resultados e os impactos dos serviços fornecidos às respectivas comunidades. A observação pressupôs a elaboração de uma ferramenta híbrida para a recolha dos dados, simultaneamente quantitativa e qualitativa, tendo o ratio de resposta correspondido a 19,04% do universo de bibliotecas universitárias do ensino público português. O diagnóstico de avaliação organizacional das bibliotecas universitárias do ensino público consubstanciou-se nos indicadores de desempenho previstos na NP ISO 11620 (2004), standard que normaliza a metodologia para aferir a utilidade e relevância dos serviços fornecidos.

Palavras-chave


bibliotecas universitárias, auto-avaliação organizacional, indicadores de desempenho, NP ISO 11620

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.