Projeto Blimunda: um olhar sobre as editoras e revistas científicas portuguesas e o acesso aberto

Ana Maria Alves Pereira, Salima Rehemtula, Elsa Ribeiro

Resumo


Com esta comunicação pretende-se descrever e divulgar o trabalho que tem sido desenvolvido e os resultados obtidos no âmbito do Projeto Blimunda. Esta iniciativa surgiu no contexto do projeto RCAAP e está a ser desenvolvido na Divisão de Documentação e Biblioteca da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa [4], com o objetivo de identificar as políticas das editoras e revistas científicas portuguesas em relação ao auto arquivo em Repositórios Institucionais. Após uma breve introdução que contextualiza o Projeto e que indica os seus objetivos principais, descrevem-se as várias etapas do mesmo e as atividades realizadas, assim como, os principais resultados obtidos e que refletem a natureza da relação das editoras e revistas científicas portuguesas com o Acesso Aberto. Por fim, tecem-se algumas considerações sobre as dificuldades encontradas e lições aprendidas no decurso do contacto com as editoras e os responsáveis das revistas científicas. Espera-se que o trabalho desenvolvido e os resultados obtidos, possam servir de estímulo para as editoras e revistas que ainda não têm uma política de auto arquivo definida, aderirem ao projeto e, mais ainda, ao Acesso Aberto.

Palavras-chave


Acesso aberto, repositórios institucionais, revistas científicas portuguesas, políticas de auto arquivo, Projeto Blimunda, Projeto Sherpa/RoMEO

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.