Reconhecer Boas Práticas em Bibliotecas do Ensino Superior: projecto de avaliação do desempenho de serviços de documentação das Universidade do Porto, Lusíada – Famalicão, Açores e Escola Superior de Enfermagem do Porto - S. João

Luiza Baptista Melo, Helena Barbosa, Carla Correia, Alice Rodrigues, Ana Taveira, Cesaltina Pires, Olinda Martins, Orísia Pereira

Resumo


Inúmeras bibliotecas do Ensino Superior em todo o mundo recorrem às técnicas de benchmarking para o reconhecimento das boas práticas, com o objectivo de melhorar a qualidade dos serviços prestados. Esta comunicação descreve um projecto de avaliação do desempenho dos serviços, que decorre de uma parceria das Bibliotecas dos Departamentos de Matemática Aplicada e Matemática Pura da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto (ICBAS-UP), da Universidade Lusíada de Famalicão, do Centro de Documentação Europeia – Biblioteca Geral da Universidade dos Açores e do Centro de Documentação da Escola Superior de Enfermagem do Porto - S. João.

As metodologias que fundamentam este estudo baseiam-se num modelo misto Estrutura Comum de Avaliação (CAF) – Balanced Scorecard (BSC) desenvolvido para bibliotecas académicas. Definem-se os critérios de avaliação aos quais se associam os respectivos indicadores de desempenho (ID) em conformidade com as Normas Internacionais ISO 11620 e ISO 2789. São ainda considerados alguns ID consensuais utilizados em iniciativas de aferição do desempenho realizados em universidades da Alemanha, Austrália, Áustria, Suécia, Reino Unido e Holanda.

Com o conhecimento das fraquezas e dos sucessos, sem pudores e constrangimentos, de forma partilhada e em parceria, conseguem-se soluções para melhorar a performance - é o conceito emergente deste estudo sobre optimização dos serviços de documentação académicos.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.