Bibliotecas Públicas e Cidadania Activa

Judite Freitas, António Borges Regedor

Resumo


Este estudo visa estabelecer uma relação entre a missão atribuída às Bibliotecas Públicas pelo Manifesto da UNESCO e os níveis de intervenção actualmente desenvolvidos pelas Bibliotecas da Rede Nacional de Leitura Pública ao nível da educação e informação para a cidadania (vulgo educação cívica).

O estudo procede, numa primeira parte, a uma sinopse das principais valências da Biblioteca Pública no combate à iliteracia nas suas diferentes formas, à exclusão e info-exclusão, assim como às responsabilidades que geralmente lhe são atribuídas no self-learning e no life long learning, ou em funções mais exigentes de transformar a informação em conhecimento procurando dar resposta às necessidades da sociedade pós-industrial (a que se convencionou chamar de Sociedade de Informação e do Conhecimento).

Numa segunda parte, procede-se à análise dos resultados de um Inquérito que lançámos a 142 unidades em funcionamento. Este questionário pretende fazer uma avaliação do tipo de serviços e das acções habitualmente desenvolvidas nas unidades com vista à promoção de competências para o exercício de uma cidadania activa.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.