A Literacia informacional no Espaço Europeu de Ensino Superior Fundamentos e objectivos de um projecto em várias fases

Armando Malheiro Silva, Viviana Marcial, Fernanda Martins

Resumo


Esta comunicação toma como quadro de referência geral o Espaço Europeu de Ensino Superior (EEES), cuja criação supôs uma transformação na aproximação educativa de todos os países da União Europeia. Um modelo educacional novo necessita de competências novas. As competências da informação constituem um dos mais importantes requisitos de que precisa o estudante universitário da sociedade da informação.

Importa, por isso, saber como esses estudantes universitários são preparados no que respeita à capacidade e destrezas na busca, uso, articulação e difusão da informação colhida e usada em diversos contextos com predominância para o escolar.

Para tanto, concebe-se um projecto de pesquisa cuja finalidade principal é investigar os níveis das competências em universidades portuguesas; estabelecer uma ligação entre a aprendizagem e a aquisição de competências informacionais no Secundário e na Universidade; e contribuir para a definição de uma estratégia que ajuste à universidade portuguesa a um bom desempenho das competências e capacidade na busca e uso da informação, no quadro da adaptação ao EEES e à sociedade da informação/conhecimento.

Esse projecto de pesquisa foi submetido a apoio, por parte da Fundação de Ciência para a Tecnologia, cujo resultado se aguarda, e, entretanto, entende-se como oportuno aproveitar este ensejo para desenvolver o conceito operatório de literacia informacional no campo da Ciência da Informação e dentro desta na área de estudo sobre comportamento informacional, sendo certo que esse conceito traz consigo outras disciplinas nomeadamente a Educação e a Psicologia Cognitiva, com as quais se deve estabelecer, a propósito da temática específica em foco, um diálogo fecundo.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.