Fogem dos livros como o diabo da cruz : a propósito, onde estão os super heróis e a mangá?

Adalberto Barreto

Resumo


Tradicionalmente o público juvenil (13-18 anos), sobretudo do sexo masculino, é aquele que mais dificilmente participa nas actividades de leitura promovidas pelas bibliotecas públicas. Por outro lado, e segundo um inquérito realizado pela Bedeteca de Lisboa em 2005, a maioria das bibliotecas portuguesas não tem e não adquire o estilo de literatura gráfica mais apreciada pelos adolescentes, designadamente a banda desenhada de origem norte-americana e japonesa. Ao contrário do que muitos pensam é possível encontrar materiais em banda desenhada (dentro destes estilos) de inegável qualidade destinados aos adolescentes, embora a banda desenhada ligeira (de menor qualidade) também possa ter um lugar na biblioteca. A presente comunicação pretende, assim, sensibilizar as bibliotecas para a utilização destes materiais como ferramenta poderosa e de subestimada importância para a promoção de hábitos de leitura entre os adolescentes.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.