Os arquivos municipais no dealbar do século XXI

António Maranhão Peixoto

Resumo


Os Arquivos Municipais Portugueses vivem há mais de uma década e meia a sua irreversível afirmação institucional. Apesar dos constrangimentos ainda latentes e das dificuldades a superar, são já unidades administrativas e culturais em permanente estruturação nos nossos municípios.

A existência de recursos humanos especializados ao nível intermédio e superior, bem como a crescente sensibilidade dos executivos municipais para assegurarem instalações devidamente dimensionadas para o médio e longo prazos, com realce para o elevado efeito catalisador desenvolvido pelo PARAM - Programa de Apoio à Rede de Arquivos Municipais, têm proporcionado a consolidação destes pólos fulcrais para a gestão municipal. Pois, como sistemas de informação, são imprescindíveis à construção e vigência de uma efectiva administração aberta.

Como produto natural da actividade municipal são também a memória e a experiência da Administração Local, bem como agentes indispensáveis de continuidade de acção e preservação dos direitos municipais.

Além de se pretender tornar presente o caminho percorrido até aqui, é também importante, nos primórdios deste século, equacionar o futuro próximo destes serviços vitais para a salvaguarda da democracia e para a promoção da cidadania.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.