Um projecto de digitalização e divulgação de imagens de conservação e restauro

Rui Ferreira Silva, Luis Pavão, Luisa Casella

Resumo


O Instituto Português de Conservação e Restauro (IPCR) herdou do Instituto de José de Figueiredo um espólio documental muito relevante não só em termos bibliográficos, mas, sobretudo, no que diz respeito ao arquivo de processos de restauro. A biblioteca especializada do IPCR acumulou ao longo de dezenas de anos de existência um acervo singular em termos nacionais, com mais de cinco mil títulos de monografias e meia centenas de publicações periódicas activas, de consulta indispensável para quem investiga a defesa e preservação do património móvel. O arquivo técnico, integrando cerca de 20 000 relatórios dos restauros efectuados no Instituto e em todas as regiões do país desde o início do século XX, é um corpus informativo único que associa texto e imagem, constituindo um elo fundamental para o conhecimento, estudo e investigação de centenas das peças mais relevantes do património móvel nacional. Elemento fundamental deste Arquivo é o núcleo de documentação fotográfica e radiográfica, constituído por cerca de 50.000 originais, espólio sem qualquer paralelo no nosso País. Procurando preservar este espólio e disponibilizá-lo a públicos mais alargados, o IPCR está a desenvolver (em regime de outsourcing) um projecto de digitalização e conservação de uma parte substancial deste arquivo de imagens. A presente comunicação aborda os pressupostos teóricos, as metodologias de trabalho e os objectivos deste projecto, tentando destacar alguns aspectos inovadores nesta abordagem, assim como a relevância dos seus resultados para todos os interessados na defesa e promoção do Património e, em particular, para a investigação no âmbito da História de Arte.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.