Possíveis Mediações para uma Cultura Biblioteconômica Fundada nas Teorias Sociointeracionistas

Ana Maria Sá de Carvalho, Rute Batista de Pontes

Resumo


Focalizam-se as deficiências em leitura nos ensinos Fundamental e Médio, comprovadas por pesquisas empreendidas sob a responsabilidade de órgãos nacionais e internacionais.Com base nessas investigações desenvolveram-se estudos de ordem teórico-práticas junto a docentes de escolas de um bairro periférico da cidade de Fortaleza, situada no Estado do Ceará, nordeste do Brasil. Esses estudos evidenciaram as deficiências constatadas e ao mesmo tempo proporcionaram subsídios para reverter esse quadro.Valeram-se das teorias Sociointeracionista, da Estética da Recepção e do Letramento para desenvolverem-se as ações planejadas. Os resultados da pesquisa estão a indicar a premência de intensificação de novas práticas leitoras baseadas nas teorias eleitas, as quais possam vir a suprir as necessidades detectadas.
Inferem-se que, se os bibliotecários adotarem metodologias de ação condizentes com as concepções utilizadas terão na escola um fértil território de atuação.Isto, com vistas não só a gestar novos paradigmas, através dos quais possa ser transformada a atual cultura biblioteconômica, mas consolidar uma sociedade leitora e, portanto, cidadã.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.