“Os Manifestos de Mangelos” : projecto para a rede de Bibliotecas Municipais e Escolares do concelho de V.N. de Famalicão

Luísa Alvim

Resumo


Os Manifestos de Mangelos (artista plástico jugoslavo, Dimitrije Basicevic, 1921-1987) são obras de arte, colagens de páginas de livros, de livros, de catálogos de exposições cobertos por tinta onde figuravam os manifestos, onde discutia todos os assuntos, desde a Filosofia à Biologia, e manifestava as suas crenças vanguardistas. Propõe um novo entendimento da arte e sobre o mundo que o rodeia.
Este projecto, que se apresenta para a rede de Bibliotecas Municipais e Escolares do concelho de V.N. de Famalicão, faz uma aproximação e usa a metodologia deste artista para produzir “Manifestos”.
As bibliotecas, enquanto lugares de discussão pública e de reflexão, podem ser geradoras de um programa interdisciplinar, onde a Literatura, a Filosofia e as expressões artísticas se cruzam, juntando em debates e colóquios, a partir de livros, especialistas em temas de interesse para o público-alvo (1º ao 12º ano), de modo a que este público manifeste os seus sonhos, as suas ideias e produza “Manifestos” que sejam geradores de mudança e façam criar o gosto da intervenção social e da manifestação pública, usando também a Arte como meio de acção.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.